Bebida quente de Cúrcuma

Depois da minha prática de yoga à noite, quando cheguei a casa só apeteceu-me uma bebida quente e reconfortante, de cúrcuma.

Embora tenha um sabor caracteristico, a cúrcuma ou açafrão-da-Índia, tem propriedades  antioxidantes, anti-inflamatórias e promove o sono!

 

Ingredientes:

–  250 ml de leite (opte por leite de origem vegetal, amêndoa, arroz)
– 1/2 colher de chá de Cúrcuma em pó
– 1/2 colher de chá de Canela
–  sementes de 1 vagem de Cardamomo (ou 1/2 colher de chá em pó)
– 1/2 colher de chá de óleo de coco
–  1 colher de chá de mel

Numa panela deite o leite e aqueça.
Quando este estiver quente ( sem deixar ferver, para não perder as propriedades) adicione todos os restantes ingredientes excepto o mel, e mexa até estar tudo dissolvido.
Coe.
Adoce com um pouco de mel.
Bons sonhos!

Brigadeiros

Mais uma experiência com a biomassa de banana verde – Brigadeiros!!

Foram 10 minutos, super rápido e uma delícia!!

 

Ingredientes para 25 brigadeiros pequenos:

300 gr de tâmaras sem caroço

3 colheres de sopa de biomassa de banana

1 colher de sopa de óleo de coco

6 colheres de sopa de cacau cru

um pouco de água ou “leite” vegetal ( 50 a 100 ml)

 

Coloque as tâmaras de molho em um pouco de água durante 10 minutos.

Escorra-as e deite todos os ingredientes num processador de alimentos e bata até obter uma massa pastosa e homogénea.

Coloque num recipiente e leve ao frigorifico para que ganhe mais um pouco de consistência.

Faça bolinhas com as mãos e envolva-as em chocolate granulado.

Delicie-se!!

 

Se achar que sabe a pouco chocolate é só acrescentar mais um pouco, assim como se acha que está pouco doce, adicione 1 a 2 colheres de sopa de xarope da agave ou tamaras.

Tzatziki – molho de iogurte grego com pepino e nozes

“Molho da mãe da Rouska”, receita de  uma amiga minha búlgara!

Ensinou-me este aperitivo e nunca mais me esqueci, muito muito fácil, rápido de fazer e saudável!

Tempo de preparação: 10 minutos

Para 4 pessoas:

250 gr de iogurte natural grego

1 colher de sobremesa de endro fresco ( de preferencia)

1 colher de café de alho em pó

25 gr de pepino descascado, sem sementes e picado

um punhado de nozes ( cerca de 10 )

1 colher de chá de azeite

1 colher  de café de vinagre

 

Descasque, retire as sementes e pique bem pequeno o pepino.

Pique também as nozes em bocadinhos pequenos.

Junte e mexa todos os ingredientes com uma colher e já está!!

 

Nota: Só encontrei endro frsco no supermercado El Corte Inglês.. Já vem cortado e numa caixa, ou seja, dá para usarmos o que se quiser e o resto congelar.

Gelado de maracujá e biomassa de banana verde

Quando experimentarem fazer a biomassa, aproveitem  para fazer gelado de qualquer fruta, fica delicioso e é muito rápido!
Eu usei  polpa de maracujá!

Para fazer a biomassa banana verde é só clicar aqui , está tudo explicado..!

 

Gelado para 4 pessoas:

 

Biomassa de 2 bananas verdes médias

Meia lata de polpa de maracujá

2 colheres de sopa de xarope de agave

 

Misture todos os ingredientes até obter uma mistura homogénea.

Deite essa mistura numa forma pequena/média ou em formas individuais. leve ao congelador por 2 horas.

Retire o gelado uns 15 a 20 minutos antes de comer.

 

Pode fazer este gelado utizando morangos frescos, manga fresca ou em polpa, pessego, etc.

Se achar que não está doce o suficiente é só adicionar mais xarope.

Bom apetite!

 

 

 

 

Biomassa de banana verde

Meses atrás deram-me a conhecer biomassa de banana verde como ingrediente de um gelado. O que é isso? perguntei eu á  senhora que me atendia na geladaria.

É banana verde cozida!

A biomassa pode ser usada nas receitas no lugar de leite condensado, creme de leite, leite, maionese entre outros. Não possui gosto, por isso, não irá alterar em nada o sabor.

A maioria das pessoas que não conhece acha que, ao acrescentarmos a mistura às preparações, tudo ficará com sabor de banana o que não acontece.

 

Lá fui eu pesquisar na net e encontrei um site brasileiro a explicar os beneficios da banana verde, do qual passo a transcrever um pequeno resumo:

“…Os benefícios da banana verde para saúde são diversos. Além disso, A grande diferença da Banana madura para a banana verde está no alto teor do amido resistente: cerca de 50% a 90% a mais dessa substância, que não é digerida pelo organismo e não se transforma em açúcar, apresentando comportamento parecido ao da fibra alimentar.

O amido digerível é rapidamente transformado em glicose para alimentar as células do corpo, produzindo energia. Já o resistente, presente na banana verde, passa pelo estômago e pelo intestino delgado sem sofrer alterações, sendo fermentado somente no intestino grosso. Além disso, A Banana Verde é rica em potássio, Magnésio, Ferro, Zinco, Vitamina A, Vitamina C e Vitaminas do Complexo B, a Banana é um superalimento que não pode ficar de fora da dieta. Então, confira os 14 benefícios da banana verde para saúde….”

http://www.saudedica.com.br/20-receitas-com-biomassa-de-banana-verde/

 

Modo de preparação

  • Retire as bananas do cacho com cuidado, preservando os talos
  • Lave as bananas com água e sabão
  • Coloque no lume uma panela de pressão com água até a metade e deixe ferver
  • Assim que a água ferver, coloque as bananas lavadas na água quente da panela de pressão para que levem choque térmico
  • Tape e deixe em lume alto alto até começar a chiar
  • Quando começar a apitar, baixe o lume e deixe na pressão por 10 minutos
  • Desligue e espere a pressão sair normalmente, sem forçar
  • Abra a panela e com a ajuda de uma pinça, retire as bananas e vá retirando as polpas
  • Coloque as polpas num liquidificador ou processador e bata com um pouco de água, sem colocar água demais
  • Não deixe arrefecer, bata a polpa quente até formar uma pasta bem espessa, a biomassa
  • Guarde em porções pequenas, cubos para sumos em 1/2 chávenas e 1 chavena para pratos culinários.
  • pode ser guardada no frigorifico por sete dias ou congelada por até dois meses.
Para quem não tem panela de pressão, que é o meu caso, faça tudo igual excepto que o tempo de cuzedura é de 35 minutos.
Experimente, não de vai arrepender!

Couve Portuguesa Salteada

Estamos na altura das couves e por isso toca a comê-las!

São muito ficas em fibras e vitaminas C e betacaroteno.

Tempo de Preparação: 15 minutos

 

Doze para 4 pessoas:

500 gr de couve portuguesa cortada fininha

4 colheres de sopa de azeite

1 cebola cortada às rodelas

2 dentes de alho

3 colheres de sopa de polpa de tomate

1 colher de chá de massa de pimentão

Sal e pimenta

 

Faça um refogado  com a cebola, alho e o azeite até a cebola ficar alourada.

Enquanto faz o refugado escalde em água a ferver as couves durante 5 minutos e escorra-as bem.

Junte as couves ao refogado e vá mexendo para ajudar a evaporar o suco que estas largam.

Quando estiverem a ficar tenras adicione a polpa de tomate já misturada com a mssa de pimentão.

Deixe cozinhar uns 5 minutos em lume brando para apurar.

Bom apetite!!

Batido de abacate e espinafres

Com este cheiro a primavera já apetece tomar um pequeno almoço fresco mas ao mesmo tempo super nutritivo!

Fiz  um batido para dar as boas vindas ao calor!

Para um copo grande:

1 abacate pequeno (cerca de 80 a 90 gr)

um pequeno pedaço de gengibre ( 5-7 gr)

20 a 30 gr de folhas de espinafre

200 ml de “leite” vegetal (usei bebida de coco)

1 colher de chá de xarope de agave ou mel

 

Coloque todos os ingredientes numa liquidificadora ou robô de cozinha e bata por uns 40-50 segundos e já está!!

É muito reconfortante e bom!!

 

Notas: Se achar que está pouco doce é só adicionar mais um pouco do adoçante que usou.

Se notar que o batido ficou muito espesso, pode adicionar mais um pouco da bebida que usou ou água e voltar a misturar tudo.